02 setembro 2010

República, 100 Anos

Presidenciais

... a 24 de Agosto de 1911, foi eleito pela Assembleia Nacional, o 1º "Presidente da Republica Portugueza", Dr. Manuel d'Arriaga.

Nesta deliciosa imagem,
estão representados os últimos 4 candidatos que resistiram até à data da eleição: Magalhães Lima, Bernardino Machado, Duarte Leite e Manuel d'Arriaga.
Pelo caminho ficaram Anselmo Braancamp, Alves da Veiga, Azevedo Silva e José Relvas.


99 anos depois, qualquer semelhança é pura coincidência...



1 comentário:

menvp disse...

Fim da Cidadania Infantil!
'Vira o disco e toca o mesmo' - vulgo eleições antecipadas atrás de eleições eleições antecipadas - não é solução!...
A democracia directa também não é solução...
Os cidadãos não podem ver os políticos como um 'paizinho'... devem, isso sim, é exigir maior fiscalização e controlo sobre a actividade política!
De facto, quem paga - leia-se, contribuinte - tem de ter um maior controlo sobre a forma como é gasto o seu dinheiro!
EXPLICANDO MELHOR: todos os gastos do Estado que não sejam considerados de «Prioridade Absoluta» [nota: a definir...] devem estar disponíveis para ser vetados durante 48 horas pelos contribuintes [nota: através da internet].
Para vetar [ou reactivar] um gasto do Estado deverão ser necessários 100 mil votos [ou múltiplos: 200 mil, 300 mil, etc] de contribuintes.

Resumindo e concluindo: não se queixem do facto de estar a ser mal gasto dinheiro do Estado: abram os olhos... e vetem!